Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

   quarta-feira, 25 de abril de 2012

A paranóia do Backup



PéssimoRuimMédioBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)

O primeiro capote de HD a gente nunca esquece! ©2005 by Luciano

Frase dita láááá em 2005 quando pela primeira vez um HD meu deu pau. E levou de embrulho justamente os arquivos que não podia perder.

O que  me fez lembrar isso ai? Uma mensagem que circulou na MSXBR-L ontem, sobre o “probleminha” com o blog hoje é um bom dia, do Izzy Nobre. (eu já li o blog algumas vezes mas não me cativou, não faz o meu tipo de leitura, mas isso não importa)

E esse simples e-mail OT na MSXBR-L virou uma enxurrada de mensagens, cada um dizendo sua politica de backup. Nisso eu me lembrei do já distante ano de 2005, quando meu novíssimo HD de 160GB deu PT nos arquivos. Uns dias depois (e mais 4 tombos, mas agora com backup) eu descobri que o problema não era o HD, e sim a limitação de 4GB por arquivo no FAT32… detalhes, meros detalhes que já ficaram pra trás. :-o*

Mas e hoje? Qual a minha politica de backup, de ao menos dos arquivos importantes?

– Copia em um segundo HD na mesma máquina. Serve para o caso desse HD em especifico morrer ou apagar algum arquivo acidentalmente.

– Copia no HD do K6 “case-mod” que fica ali na bancada. Só não protege de cataclisma local. (raio, enchente, etc)

– Copia o PC de casa e no Notebook.

– Arquivão comprimido em 7Zip e com uma senha monstruosa, criptografado e armazenado em servidor de hospedagem, junto com um dos meus sites.

– E a cereja do bolo: Backup pra valer e incremental em uma conta do Gmail que só eu sei o endereço e nunca enviei um email se quer daquela conta. (zero de spam).

Veja só como fica coisa no Gmail:

O interessante é que no caso destes códigos fontes, eu tenho a disposição, versões antigas, como mostrado ai na imagem acima.

Veja que mesmo armazenando fotos, alguns poucos vídeos e outras bugigangas eu gastei apenas 772MB do total disponível. Claro que os anexos estão todos comprimidos e com compressão alta. Mesmo as fotos e vídeos, onde o ganho é praticamente nulo, mas a compressão me possibilita quebrar o arquivo em partes menores e isso facilita até mesmo pra enviar.

Podem me chamar de paranóico por backup, mas depois de você ver tudo ir pelo ralo uma vez, você nunca mais vai querer passar por isso de novo.

Como diz uma tagline antiga:  Só Jesus salva. Norton faz backups! :-P

[ Ouvindo: Taffy – I Love My Radio (Midnight Radio) (1987) ]


  Seguir comentários via RSS

7 comentários em “A paranóia do Backup

  1. Rafael disse:
    Usando Internet Explorer Internet Explorer 8.0 - Windows Windows XP

    Não acho paranóia, só quem perdeu algo importante realmente dá valor a essas coisas…rs

    só não entendi como vc mmanda para o Gmail…manualmente? o_O

    Comentários de Rafael: 2

    • Luciano disse:
      Usando Mozilla Firefox Mozilla Firefox 11.0 - Windows Windows 2000

      Rafael, eu até acho paranóia sim, mas como eu disse, só quem passa por uma perda dessas sabe o quanto é valioso essa paranóia.

      Pra mandar as coisas pro gmail? Do jeito mais simples… mando um e-mail o:-)

      Basta estar no windows explorer, seleciona o arquivo, clico com o botão direito do mouse, enviar pra… -> e-mail e pronto. }:D

      Comentários de Luciano: 479

  2. tvalenca disse:
    Usando Google Chrome Google Chrome 16.0.912.63 - Windows Windows 7

    Deixa então eu te contar o meu primeiro capote:
    “A primeira vez que eu precisei de backup (e não tinha) foi ainda no MSX. Um dos colegas com quem eu trocava programas foi sacana a ponto de mexer em uma versão do Akernaak para apagar o disquete na terceira ou quarta execução do programa. O FDP deu um KILL “*.*” no meu disquete, depois fez um OPEN … FOR OUTPUT AS #1 e fez uma recursão que gravava lixo no arquivo… Depois de algum tempo ele plotou “OTÁRIO!” na SCREEN 3 e o estrago já estava feito… Não adiantou entrar no Mega-Assembler e marcar as primeiras-letras dos arquivos apagados, estava quase tudo corrompido! Isso bem na época que ele cismou de me vender jogos ao invés de trocar… Era um disco de 720kb…”

    Comentários de tvalenca: 21

  3. ricardomacagnan disse:
    Usando Mozilla Firefox Mozilla Firefox 11.0 - Windows Windows XP

    Já em 2009, em meu blog pessoal, teci alguns comentários sobre backups e mídias em:

    http://blogdomacagnan.blogspot.com.br/2009/08/insustentavel-fragilidade-dos-dados.html

    Da última vez foi um pendrive com 8 Giga, foi-se tudo que tinha ali dentro. Só de raiva, formatei o FDP! .:lol:. .:lol:. .:lol:.

    Comentários de ricardomacagnan: 16

  4. joao disse:
    Usando Mozilla Firefox Mozilla Firefox 17.0 - Ubuntu Linux Ubuntu Linux

    Muito boa a rotina.
    Mas eu adicionaria mais uma etapa:fazer um checksum destes arquivos, pois muitas vezes há perda de dados na transmissão e eles se corrompem.
    Abraço!

    Comentários de joao: 10

Deixe uma resposta para ricardomacagnan Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

:D :tooth: :mrgreen: :-P :-)) (lol) .:lol:. o:-) 8-) :-$ :-| }:D :-/ -_- |-/ :X.: =X 8|( :xxx :furious: :-o* X-P 8x :censored: *~O more »
 

1) Os comentários são moderados.
2) Comentários que não sejam referentes ao assunto do post serão excluídos.
3) Eu posso editar seu comentário antes de publicar, se o achar necessário.
  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.
Switch to mobile version