Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

Postagens com a tag ‘DOS’

   segunda-feira, 17 de março de 2014

Integrando o DOSBOX ao menu de contexto.



PéssimoRuimMédioBomExcelente (3 votos, média: 4,67 de 5)

Eu estava com um diretório atulhado de programas MS-DOS aqui pra verificar a versão (Motorola RSS) e ficar abrindo um por um na base do teclado, tendo montado o diretório inteirinho no DOSBOX ia virar um serviço de corno. o:-)

Dai pensei… se existe aquela manha de pendurar o CMD.EXE no menu de contexto do windows pra abrir o prompt no diretório corrente, porque não fazer algo similar com o DOSBOX?

Fui procurar na internet algo pronto e não achei nadinha do jeito que eu queria. Se pedir o menu de contexto em um diretório, monta o diretório no DOSBOX como C:\ e entrega o prompt. Se pedir o menu de contexto em um .EXE, .COM ou .BAT (qualquer executável) dispara o DOSBOX e já executa o programa.

dosbox_context_menu

Dai fiz um pequeno arquivo de registro,  que já faz todo o trabalho sujo e o resultado é o da imagem acima.

dosbox

Para quem precisar fazer a mesma coisa, deixo abaixo o conteúdo do arquivo .reg que fiz. Não darei maiores explicações, pois quem for usar isso acredito que já saiba como se aplica isso no registro, como se faz o arquivo, etc… :hypocrite:

Windows Registry Editor Version 5.00

; DOSBOX no menu de contexto de diretórios e drives.
[HKEY_CLASSES_ROOT\Directory\shell\DOSBox]
@="DOSBOX Mount"

[HKEY_CLASSES_ROOT\Directory\shell\DOSBox\command]
@="C:\\Arquivos De Programas\\DOSBox\\DOSBOX.EXE \"%1\" -noconsole"

[HKEY_CLASSES_ROOT\Drive\shell\DOSBox]
@="DOSBOX Mount"

[HKEY_CLASSES_ROOT\Drive\shell\DOSBox\command]
@="C:\\Arquivos De Programas\\DOSBox\\DOSBOX.EXE \"%1\" -noconsole"

; DOSBOX executa arquivo diretamente.
[HKEY_CLASSES_ROOT\*\shell\DOSBox]
@="DOSBOX Run..."

[HKEY_CLASSES_ROOT\*\shell\DOSBox\command]
@="C:\\Arquivos De Programas\\DOSBox\\DOSBOX.EXE \"%1\" -noconsole"

Claaaaaaaaaro que você deverá ajustar o caminho do executável do DOSBOX para o de onde você o instalou né? :-P

Ah… Bônus!  :tooth: O DOSBOX quando executado desta forma e com o parâmetro -noconsole, cria dois arquivos no diretório que está sendo executado.

dosbox_log
Isso pode ser tornar irritante dependendo  do caso. Pelo que pesquisei, não existe um parâmetro para se passar ao DOSBOX para que ele não crie os tais arquivos. :aiaiai:

Solução? Abra o DOSBOX em um EDITOR HEX, procure pelas ocorrências:

stderr.txt
stdout.txt

E substitua por:

NUL

dosbox_hacking

Vai encontrar duas ocorrências de cada arquivo. Salve o DOSBOX.EXE e pronto. Os dois arquivos não serão mais criados. }:D



   quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Prompt de comando



PéssimoRuimMédioBomExcelente (5 votos, média: 4,40 de 5)

Imaginemos que você por algum motivo qualquer tenha que chegar até a “pasta” abaixo pela linha de comando:

C:\Documents and Settings\Administrador\Configurações locais\Dados de aplicativos\Mozilla\Firefox\Profiles\2av37elg.default\Cache

O jeito “crássico” seria abrir o prompt e descer a lenha na base do CD “blah”.

Clica que cresce!

Você até pode usar o recurso do tab completation, se ele por um acaso estiver desligado, aqui tem uma dica de como  liga-lo.

Isso vai economizar muita digitação, mas ainda tem uma dica mais simples, que tal ter um item no menu de contexto do windows explorer tal como na figura abaixo?

Clica que aumenta!

Não é muito mais simples? Basta navegar até a “pasta” desejada, na arvore do explorer clicar com o botao direito do mouse sobre a “pasta” alvo, e clicar no “Dos prompt aqui” e… voilá! O prompt de comando será aberto na “pasta” alvo.

Como fazer isso?  Mole, basta criar um arquivo de registro (prompt.reg por exemplo) com o seguinte conteúdo:

Código:
Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_CLASSES_ROOT\Directory\shell\cmd]
@="DOS prompt aqui"

[HKEY_CLASSES_ROOT\Directory\shell\cmd\command]
@="cmd.exe /k \"cd %L\""

[HKEY_CLASSES_ROOT\Drive\shell\cmd]
@="DOS prompt aqui"

[HKEY_CLASSES_ROOT\Drive\shell\cmd\command]
@="cmd.exe /k \"cd %L\""

(como fazer: abre o bloco de notas, seleciona o texto de dentro da caixa ai de cima, copia e cola no bloco de notas, salve como prompt.reg. Pra  aplicar, bata dar um duplo clique sobre o arquivos .REG criado e mandar adicionar as informações no registro do windows)

Dai quando usar a opção “DOS prompt aqui” no menu de contexto você vai abrir o prompt diretamente na “pasta” alvo como abaixo:

Ah… essa dica eu sei que funciona corretamente no Windows 2000, XP e 2003 Server, certamente funcionará no 2008 server, Vista e Seven.



   sábado, 8 de outubro de 2005

Algo interessante para se ler.



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

É… tem certas coisas que caem no colo da gente nas horas menos inesperadas, fazendo uma consultinha no google sobre a frase dos 640kb sem querer eu cai nesta página:

http://www.nuperc.unifacs.br/locksmith/articles/microsoft-freesoftware.html

Bem capaz de aparecer alguém e ainda e dizer tudo ao contrário.

[ Ouvindo: Eddy Grant – Electric Avenue (Hot Tracks Remix) ]


640Kb são suficientes…



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

Esta é a celebre frase do Bill… pois é! E eu me lembrei dela hoje apanhando aqui para arrastar uma penca de TSR e outros bichos para a area de memória alta a fim de livrar espaço na memória convencional deste meu PC aqui, que obrigatoriamente precisa de MS-DOS de verdade.

Tem um raio de um programa aqui de um programa/driver que come sozinho 300 e poucos Kb. Dai nada mais roda só com 300 e poucos Kb livres.

O que eu achei mais estranho é que este treco aqui só esta tendo 50Kb de memória alta… ué… não tinha que ser 384Kb??? Afinal 1024-640=384Kb, de forma que alguém deve estar me devendo 334Kb de memória que sumiu!

Bah.. amanhã eu vejo com calma o que esta acontecendo.



   terça-feira, 17 de fevereiro de 2004

WP6 for DOS



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

O povo que quer o WordPerfect, um zipão dele cai pra 5.76Mb, por e-mail nem pensem em pedir, agora não sei se coloco aqui no blog mesmo (DJC, posso gastar um pouquinho da sua banda?) ou se arrumo um buraquinho temporário em algum servidor gratuito e mando brasa até apagarem.

Andei futucando nas configurações dele e parece que algumas coisas não serão possíveis de mexer por hora, pois pede os discos de instalação original, mas do jeito que esta, parece ser usável. Só é preciso dar um jeito de conseguir uns drivers de impressora mais “atuais” pois com ele o que esta instalado me parece que é somente para impressoras laser e bem antigas, apesar de ter vários drives instalados, nenhum funfou com a minha epson sc600. São Google deve resolver a parada. o:-)



  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.
Switch to mobile version