Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

Postagens com a tag ‘webmail’

   segunda-feira, 18 de julho de 2011

Fazendo as coisas a moda antiga.



PéssimoRuimMédioBomExcelente (3 votos, média: 5,00 de 5)

Imagina a seguinte situação: Você por algum motivo qualquer tem um e-mail qualquer que não tem webmail. Raro? Difícil? Impossível? Pois é… mas existe e eu tenho um assim. :-z

Agora imagina que um CORNO qualquer te envia um e-mail com um anexo GIGANTE! E você não quer  baixar esse lixo todo, não tá com tempo ou não tem saco pra isso mesmo. E agora? O que fazer? :hmm:

Sabia que da pra acessar sua caixa de e-mail via telnet, e apagar um e-mail? Que da pra “bater papo” diretamente com o servidor de e-mail pop3? Mas e ai como faz? Simples.

Primeiro de tudo, abre um prompt de comando. E tasca um:

telnet meu_servidor.com 110

Não preciso dizer que a cada comando você deve finalizar com um ENTER né? o:-)

Feito isso você deve receber uma mensagens de boas vindas ou qualquer outra resposta do servidor, indicado que esta vivo.

Agora as coisas ficam interessantes. Você terá que digitar os comandos as cegas.
Digite:

user fulano@meu_servidor.com

O servidor pop3 vai responder com: +OK

Agora digite:

pass minha_senha

O servidor pop3 vai responder com: +OK Logged in

Opa… Entrei!  :-o E Agora? Você esta na sua caixa de entrada. Para listar as mensagens, digite:

list

O servidor vai listar algo parecido com o que se vê na tela abaixo. O numero que aparece primeiro é o numero sequencial das mensagens, e o segundo valor é o numero de octetos da mensagem. Quanto maior esse número, maior a mensagem (e o anexo que o corno mandou). :censored:

Aqui o número de octectos é pequeno porque são duas mensagens de teste que eu mandei para mim mesmo.  :-o* Se quiser tentar ler a mensagem, você pode usar o comando:

retr <número>

Onde<número> é o numero sequencial. Se quiser ler a mensagem número 2, digite:

retr 2

Obviamente você vai ver a mensagem pelo lado do “código fonte” dela, se for uma mensagem HTML vai ver uma sopa de tags HTML, se tiver um anexo, vai ver uma sopa de caracteres, pois o anexo é convertido pra UUENCODE a fim de ser transportado como texto (ou seja, anexo em e-mail é uma gambiarra). :X.:

Claro que isso não tem muita utilidade pra ler um e-mail hoje em dia, a 10 anos tras talvez sim, quando não era disseminado a praga do mail HTML.  :crazy: Mas vamos voltar ao objetivo básico, que era apagar um e-mail com um anexo gigante. :)

Uma vez identificada a mensagem, voce pode marca-la para ser apagada com o comando:

dele <número>

Esse número obviamente é o número da mensagem. Digamos que queremos apagar a mensagem número 2:

dele 2

O servidor deverá responder com: +OK Market to be deleted.

Agora é só desconectar do servidor com o comando:

quit

E voilá… a mensagem vai pro limbo. Pronto, aquele e-mail gigante que o CORNO mandou com um anexo de 20MB foi pro ralo. (8

Se isso aqui servir pra alguém um dia, como um página que não existe mais, onde eu peguei essa dica a 10 anos atras, eu já fico muito satisfeito. :tooth:



  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.
Switch to mobile version