Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

Postagens com a tag ‘Desarmamento’

   sexta-feira, 7 de outubro de 2005

Porque eu voto não… (3)



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

 

[ Ouvindo: Kukeiha Club – (Gradius II) The Position Light ]


   quinta-feira, 6 de outubro de 2005

Porque eu voto não… (2)



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

 

[ Ouvindo: Magic Box – If You (Disco Mix) ]


   quarta-feira, 5 de outubro de 2005

Porque eu voto não…



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

Sim vou ter a paciência de postar os 13 slides, um por dia. Era um daqueles arquivinhos nojentos o power point.

 

[ Ouvindo: Jean Michael Jarre – Chronologie 4 (full version) ]


A farsa do desarmamento… ou referendo do plim-plim.



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

O Dante fez um post expondo sua visão sobre o desarmamento, eu inicialmente comecei a escrever um comentário no blog dele, mas o treco começou a tomar dimensões tão grandes que não iria caber na caixa de comentário, então resolvi transformar em post e inclusive tirar a poeira disso aqui. Vamos lá: Minha visão sobre a coisa.

O ponto chave é: As mortes por armas de fogo em casa são minoria (se não excessão) e os homicidios não são feitos com armas registradas e nem por quem tem porte de arma ou arma registrada.

Resumindo em poucas palavras, o desarmamento só vai deixar a população mais vulneravel. Eu nunca tive arma de fogo, já atirei algumas vezes em compania de amigos que praticam tiro esportivo, apenas para ver como é. Ainda não sinto a necessidade de uma arma de fogo, mas não quer tirar o direito de quem precisa ter uma. E também quero ter o direito de ter uma se um dia precisar.

Resumindo, a propaganda (deveria dizer campanha do plim-plim se é que me entendem) do jeito que vem sendo feita, coloca como se arma de fogo matasse a 3×4 e que retirando as armas legais de circulação isso fosse resolver. Logicamente os artistas que fazem aquelas propagandas, não tem culhões para sair de casa sozinho sem guarda-costas armado. Então porque são contra as armas?

Me aponte alguém que tenha feito todos os testes para tirar porte de arma, tenha as idéias no lugar, que tenha feito alguma merda (me desculpe a palavra) com arma de fogo??? Acho que dá pra contar nos dedos. Agora me aponte a quantidade de pessoas que morrem com bala perdida, em assaltos, invasões, isso só pra falar das coisas mais comuns.

Ok, ok, então arma de fogo mata. Gente se mata com arma de fogo. Querem as tirar de circulação por causa disso. Ótimo, é o mesmo que acabar com a dor de cabeça, cortando a cabeça.

Bem… sem armas de vai sobrar o que pro nego se matar ou matar alguém? Listinha:

– Veneno
– Carro (simples, basta atropelar)
– Faca
– Foice
– Pau
– Corda

Então assim sendo também vamos tirar os venenos de circulação, os carros, as facas, etc. Também vamos acabar com as arvores, assim não teremos mais pedaços de pau pra espancar alguém até a morte.

Faça-me um favor… Você teria peito, coragem de morar em um sitio isolado, você e sua famila e não ter um trabuco carregado até a boca atras da porta da cozinha? Sei… as 4:00 da manhã você escuta alguém querendo arrombar sua porta pra lhe roubar a minharia de dinheiro e suas coisas que você comprou a custa de muito trabalho. Faz o que? Recebe o cara com cafezinho e manda ele levar o que quer? Se alguém sugerir “chama a policia” eu te garanto que o cara já matou todo mundo na casa, levou tudo antes que você possa dizer “inconstitucionalicimamente” e a policia não andou nem 10% do caminho pra chegar lá.

Virando pro outro lado, a cidade, favela, você acha que o soldado do trafego vai comprar o fuzil fal dele ali na loja de armas da esquina? Minição? Sei… se respondeu sim, parabéns, você acredita em papai noel e duende também né?

Pra quem não parou pra pensar (eu tenho certeza que a 1/2 duzia que lÊ isso aqui sabe disso melhor do que eu), bandido compra arma atraves de contra-bando, por baixo dos panos, e você acha que o sujeito que tem a sua “loja de armas alternativa” vai deixar de vender com a proibição??? D-U-V-I-D-E-O-D-Ó

Eu sou capaz de deixar escrito, que se a venda e comercialização realmente for proibida, os indices de homicidios, não vão diminuir, na melhor das hipoteses, vai ficar igual, ou vai aumentar (já que a bandidagem vai ter carta branca pra deitar e rolar).

Torca para eu estar errado em ambas as opiniões: a proibição e o aumento dos homicidios caso seja proibida a comercialização.

Finalmente com base em cima de tudo isso que eu escrevi, você que teve paciência pra ler até aqui, aguentar meus erros de português de datilografia (tem um monte e eu não estou com saco pra corrigir), ainda tem dúvida de como eu vou votar nessa porcaria de referendo que nunca deveria ter existido?

Link pra mais sobre o assunto:

http://veja.abril.com.br/051005/p_082.html

http://veja.abril.com.br/051005/p_076.html

p.s eu sei que o Cesar não compartilha da opinião da veja, não gosto muito da revista, mas ao menos o artigo é bate bem com a realidade.

Por fim um texto (mesmo que não seje verdadeiro) que mostra como a coisa deve ser tomada e não chorar depois da tragédia feita (é… é texto da Veja).

APÓS A TRAGÉDIA, AULAS DE TIRO

O americano Chuck Yeager, o primeiro piloto de testes a quebrar a barreira do som em um avião supersônico, perdeu uma irmã em um acidente com uma espingarda, em 1927. A tragédia aconteceu quando Yeager tinha 4 anos. Ele e seu irmão, Roy, estavam brincando com a arma do pai no chão da sala de estar. Roy encontrou algumas balas e conseguiu carregar a arma. Sem querer, ele disparou e acertou a irmã, Doris Ann, de 2 anos. Depois do funeral, o pai de Yeager chamou os dois filhos e disse: “Vou ensiná-los a manejar uma arma com segurança”. Em uma avaliação mais apressada se poderia considerar como irresponsável a atitude do pai do piloto. Na perspectiva da família Yeager, no entanto, o problema não estava nas armas em si, mas em como eram usadas. Espingardas faziam parte do equipamento de uma casa rural americana daquela época, e elas não disparam sozinhas. Só se tornam letais se forem utilizadas com a intenção de matar ou de forma descuidada. No Brasil, os disparos acidentais representam 5% das mortes por armas de fogo que ocorrem por ano. É um número baixo comparado com o de mortes intencionais, mas é uma das taxas mais altas do mundo. Isso é um indício de que os brasileiros são pouco preparados para um uso responsável das armas. “Não será proibindo a sua venda que os acidentes serão evitados. O importante é manejar com cuidado o armamento”, disse a VEJA o jurista americano David Kopel, autor de dois livros sobre políticas de desarmamento.



   sábado, 6 de agosto de 2005

Sobre o estatuto do desarmamento.



PéssimoRuimMédioBomExcelente Nenhuma avaliação... seja o primeiro!

Bem antes de mais nada quero colocar minha posição, de que sou contra o estatuto do desamamento. Porque? Simples, bandido não compra arma legalmente e tampouco se preocura se tem porte o não e muito menos vai entregar sua arma ao governo.

A intenção disso é “dificultar” as coisas para os bandidos, mas politico tem titica de galinha na cabeça e não sabe que bandido não compra arma legalmente. Eles consegem corrompendo a policia, exercito, etc.

Já a proibição do porte de armas eu achei absurdo maior ainda.

Veja lá na terra do tio sam, nos estados onde é permitido o comercio e porte de armas livremente, pergunte se há roubos e assaltos com a mesma intensidade onde a venda e porte são proibidos?

Ladrão não é besta de entrar em uma casa onde ele sabe que vai ser recebido com uma calibre 12 no focinho.

E fiquem olhando, se realmente for proibido o comercio de armas de fogo, como vai aumentar o indice de criminalidade e roubo armado. Ladrão não esta nem ai se é permitido ou proibido. E vai adorar saber que podera entrar em uma casa para roubar, sequestrar sem ter o receio de ser recebido a bala.

Tem horas que eu não entendo o que passa na cabeça de politico brasileiro, nas mãos e nos bolsos eu sei muito bem o que passa.

Isso ai abaixo é SPAM, não sei se tudo que esta escrito é verdade, mas tem sua parcela de verdade. Recomendo ler com atenção e pensar muito a respeido disso na hora que for obrigado a votar no referendo.

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

História para quem esqueceu, ou nunca soube:

1) Em 1929, a União Soviética desarmou a população ordeira. De 1929 a 1953, cerca de 20 milhões de dissidentes, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

2) Em 1911, a Turquia desarmou a população ordeira. De 1915 a 1917, um milhão e meio de armênios, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

3) Em 1938, a Alemanha desarmou a população ordeira. De 1939 a 1945, 13 milhões de judeus e outros “não arianos”, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

4) Em 1935, a China desarmou a população ordeira. De 1948 a 1952, 20 milhões de dissidentes políticos, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

5) Em 1964, a Guatemala desarmou a população ordeira. De 1964 a 1981, 100.000 índios maias, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

6) Em 1970, Uganda desarmou a população ordeira. De 1971 a 1979, 300.000 cristãos, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

7) Em 1956, o Camboja desarmou a população ordeira. De 1975 a 1977, um milhão de pessoas “instruídas”, impossibilitados de se defenderem, foram caçados e exterminados.

8.) Pessoas indefesas caçadas e exterminadas nos países acima, no século XX, após o desarmamento da população ordeira, sem que pudessem se defender: 56 milhões.

9) Há doze meses o governo da Austrália editou uma lei obrigando o proprietários de armas a entregá-las para destruição. 640.381 armas foram entregues e destruídas, num programa que custou aos contribuintes mais de US$ 500 milhões. Os resultados, no primeiro ano, foram os seguintes:

10) Os homicídios subiram 3.2%, as agressões 8.6%, os assaltos a mão armada 44%. Somente no estado de Victoria, os homicídios subiram 300%. Houve ainda um dramático aumento no número de invasões de residências e agressões a idosos. Os políticos australianos estão perdidos, sem saber como explicar aos eleitores a deterioração da segurança pública, após os esforços e gastos monumentais destinados a “livrar das armas a sociedade australiana”.

11) Naturalmente, a população ordeira entregou suas armas, enquanto os criminosos ignoraram essa lei, como já ignoravam as demais.

12) O mesmo está acontecendo no Reino Unido. País tradicionalmente tranquilo, onde até a polícia andava desarmada, adotou o desarmamento da população ordeira. Pesquisa real izada pelo Instituto Inter-regional de Estudos de Crime e Justiça das Nações Unidas revela que Londres hoje é considerada a capital do crime na Europa. Os índices de crimes a mão armada na Inglaterra e no País de Gales cresceram 35% logo no primeiro ano após o desarmamento.
Segundo o governo, houve 9.974 crimes envolvendo armas entre abril de 2001 e abril de 2002. No ano anterior, haviam sido 7.362 casos. E hoje por cima disso um atentado terrorista perpetrado pela Al Qaeda.

13) Os assassinatos com armas de fogo registraram aumento de 32%. A polícia já está armada.

14) Nos Estados Unidos, onde a decisão de permitir o porte de armas é adotada independentemente por cada estado, todos os estados com leis liberais quanto ao porte de armas pela população ordeira têm índices de crimes violentos em muito inferiores à média nacional, enquanto os estados com maiores restrições ostentam índices de crimes violentos expressivamente superiores à média nacional. Washington, onde a proibição é total, é a cidade mais violenta dos EUA.

15) Você não verá as informações acima disseminadas na imprensa local. Com honrosas exceções, a imprensa está fechada com as ONGs internacionais que pregam o desarmamento, por mais perigoso e ineficaz, Deus sabe com que propósitos.

16) Armas em poder da população ordeira e responsável salvam vidas e defendem propriedade. Leis de desarmamento afetam somente a população ordeira.

17) Em 2003, com a aprovação do absurdo Estatuto do Desarmamento, o Brasil iniciou o processo de desarmar a população ordeira. Salvo engano, isso quer dizer Você. E se você não lutar contra isso, você ou sua família poderão ser as próximas vítimas indefesas.

18.) Com armas, somos cidadãos. Sem armas, somos súditos. Quem desarma a vítima fortalece o agressor. Na hora do perigo, será que a polícia vai estar lá? É impossível a polícia por mais bem equipada que esteja estar presente em todo lugar a todo momento protegendo cada um dos cidadãos. Chamar a polícia pode levar alguns segundos, esperar por ela pode levar o resto da sua vida. Uma arma na mão é melhor que um policial ao telefone.

19) O Brasil tem a mania de andar na contra-mão da história. E aqueles que tomam, por nós, as decisões, estão confortavelmente protegidos pelo aparato de segurança do Estado, circulando em carros blindados, tudo pago pelo nosso dinheiro. A única coisa que temem é o uso consciencioso do voto. Do nosso voto.

20) Quem não luta pelos seus direitos, não tem direitos. Escolher bem na hora de votar e exigir o compromisso de cada candidato com a sua segurança são formas de lutar.

21) Não atire para matar, mas atire para ficar vivo. Criminosos adoram o desarmamento da s vítimas, pois faz da atividade deles uma atividade muito mais segura. Tomás Jefferson foi presidente dos Estados Unidos e dizia:
“Quando alguns homens transformaram armas em arados, eles serão forçosamente controlados pelos que têm armas”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.