Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

Postagens com a tag ‘MKV’

   quarta-feira, 12 de maio de 2010

O Jefferson postou no blog dele um artigo explicando “Como assistir H.264 consumindo tão pouco quanto 0% de CPU (DXVA)“. O título de cara me interessou. Antes disso minha história dom H.264/x264.

Eu já sei de longa data que o formato .MKV na verdade é um “container” que carrega em um unico arquivo, video, audio, legendas e imagens. E o video costuma vir comprimido em H.264 ou em x264, que são a grosso modo o pesado MPEG4.

Mesmo com minha maquina atual, um Opteron 170, 3GB de ram (que isso importa pra reproduzir vídeo???) e uma placa de vídeo até que razoável pelo uso que faço dela, uma GForce 8400GS. Só que a reprodução de arquivos .MKV aqui, pelo Media Player Classic – Home Cima era de dar nojo. O video sempre perdia alguns frames, indicando que alguém estava no gargalho. CPU não era, porque o consumo do MPC oscilava entre 6 e 8% o que é realmente pouco.

Mas a “perdeção” de frames me deixava doido, a ponto de pegar os arquivos .MKV debulha-los em DIVX dual-audio, legendas externas e os cambaus. Alias isso tem até um outro motivo que ainda não deixa de existir, que é gerar AVI comprido em DIXV para reproduzir no DVD de mesa, mas isso não vem ao caso.

Tem alguns filmes e séries que eu não converti ou por estarem com qualidade muito boa ou por serem muitos episódios, que é o caso de Arquivo X. E isto tudo estava perdido em um diretório do HD aqui, justamente porque me dava nojo de assistir no PC.

Agora deixando de lado minha “birra” com o H.264/x264, vamos ao resultado.

Com a dica do post do Jefferson, o consumo de CPU despenca realmente para proximo a ZERO (aqui as vezes dá um pulinho em 1%) e o video esta sendo reproduzido no que eu caracterizo como “LISO”, ou seja sem engasgos nem nada.

Não vou postar o procedimento aqui, vá até o blog do Jefferson e veja tudo por lá. Nada mais justo que dar crédito ao trabalho dele.

Pelo menos agora arrumei um uso mais digno para essa GPU que esta aqui mais servido de enfeite, pois pra quem só usa o PC pra internet, e-mail e meus projetos com microcontroladores, realmente era um desperdício. Só lembrando que eu coloquei esta placa de vídeo por dois motivos, eu precisava de PCI-Express e era a mais barata na época.



  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.
Switch to mobile version