Adicionem o novo domínio do blog aos seus favoritos! www.crashcomputer.com.br

Postagens com a tag ‘Pé’

   quarta-feira, 6 de julho de 2011

Ufa!



PéssimoRuimMédioBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)

Passei pelo medico na terça de manhã. Ufa! Pelo menos parece que estou livre da cirurgia.

O médico tirou uma nova radiografia, e pelo que vi, o osso tá no lugar certinho, e quase já não da mais pra ver a fratura. Menos mal.

Mas por outro lado, estou de castigo até 02 de Agosto, quando faço um novo retorno, será tirado o gesso e nova radiografia pra ver se esta tudo certo. Ou seja, vou ficar 5 semanas ao todo com o gesso se tudo correr bem.

Penso eu, que estando tudo certo, ele já vai me mandar para a fisioterapia, novamente, penso eu.

Hoje faz 10 dias, pelo menos já não dói mais, o inchaço do tornozelo parece que já foi embora (pelo menos o gesso esta mais folgado), e muito de vez em quando eu sinto algo como se fosse alguns “pulsos rápidos” no lugar da fratura e um leve arder/comichão, e passa. Fica horas e horas sem nada.

A única coisa que ainda incomoda bastante é quando fico em pé, dai a circulação desce e o pé incha um pouco, o medico me disse que e normal. Mas pra ir abaixando o pé aos poucos, pra que a circulação vá retomando a forca/nível normal no pé.

Enquanto isso, o jeito é ir tirando o atraso nos AVI e Mangá. o:-)

Mas eu digo… não é nada fácil ficar vendo a grama crescer. X-P



   quarta-feira, 29 de junho de 2011

Vamos levando…



PéssimoRuimMédioBomExcelente (1 votos, média: 4,00 de 5)

Por enquanto estou conseguindo preencher o vazio de não fazer nada o dia todo. E com tempo para pensar me lembrei melhor do ocorrido, eu não estava no terceiro degrau, eu estava mais alto, la pelo quinto ou sexto, pois 3 degraus na tal escada não passa de 80 centímetros e não seria suficiente pra fazer o que fez.

Por isso corrigi o post abaixo.

Tem três coisas que tem sido suficiente pra matar o tempo por enquanto. Tenho dormido mais do que o necessário, justamente pra não ficar muito tempo sem o que fazer, hoje acordei por volta das 7, pra tomar os comprimidos receitados e voltei a dormir, acordei de novo eram umas 9 horas pra fazer o numero 1, nova tentativa de dormir, e consigo chegar ate por volta do meio-dia. Mais uma enrolada e consegui sair da cama por volta das 3 da tarde.

Dai e almoçar, e pular no sofá e ficar zapeando a TV atras de algo pra matar o tempo. Consigo ficar em volta da TV ate passar o jornal regional da globo, dai cato o notebook e vou cuidar dos e-mails. Nisso vou enrolando com um e-mail e uma olhada na TV ate por volta deste horário aqui, 1:30 ou 2:00 da manha. Dai cama e ler um pouco do livro (estou no da Míriam Leitão ainda) ate bater o sono.

O dia e a “terapia” pra não endoidar (isso porque eu estou indo pro terceiro dia de molho) tem se resumido nisso. Vou começar a intercalar um pouco de leitura dos meus mangas nesse meio tempo e logo logo assistir um tanto dos AVI que eu tenho parado aqui que estão por assistir.

E contando os dias para o dia 5 de Julho…



   segunda-feira, 27 de junho de 2011

5 minutos de bobeira…



PéssimoRuimMédioBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)

Todo mundo já ouviu falar dos famosos 5 minutos de bobeira, certo? Tenho um amigo que disse que quando você nasce, ganha seus 5 minutos, porem o detalhe sórdido e que só pode gasta-los em frações de microssegundos.

Pois é… ontem eu gastei mais uma fracão dos meus 5 minutos. Numa situação pra la de surreal, consegui fraturar a tíbia da perna esquerda.

Como? Ao cair de uma escada. O caso foi mais ou menos assim, aqui em casa, a entrada do forro/lage e feita por uma abertura na parede e nela é pendurada uma grade feita de sarrafos de madeira.

Eu havia subido 3 5 degraus da escada para recolocar a grade no lugar, nessa fração de microssegundos, a porra da grade resolve cair e vir por cima da minha cabeça.

No exato momento que ela caiu, eu já estava com o pé direito no ar, fazendo o movimento para pisar no quarto sexto degrau. Com a grade despencando, no reflexo natural de me proteger, eu girei o corpo, e isso o pé esquerdo escapou do terceiro quinto degrau.

Resultado? 78 quilos de pura fofura caindo de cerca de 1 metro, um metro e vinte 2 metros, de pé, ereto, com todo esse peso justamente em cima do pé esquerdo.

Na hora que desmontei no chão senti uma “ferroada” no pé, de uma forma que eu nunca havia experimentado. Não foi uma dor intensa daquelas de sentar e chorar, mas foi profunda, a ponto de soltar um grito de dor.

Pula 15 minutos e eu sem conseguir dobrar o tornozelo, resultado, corre para o pronto socorro. Raio-X e a “novidade”: Fratura.

A medica plantonista (Dr. Janaína, lindinha por sinal!) já me taca na lata: Fratura chatinha essa. Em alguns casos só com cirurgia. E me mandou pra por uma tala e me deu a guia pra procurar o ortopedista no hospital hoje de manha.

Pula 13 horas… no hospital, o medico olha a radiografia, me bota na maca e corta a atadura da tala e me diz, vou engessar e você vai tirar uma nova radiografia. SE a fratura chegar no lugar, ok, se não chegar, só na cirurgia.

Vou para o raio-x e volto, e pelo menos uma boa noticia, ela entrou no lugar e a principio, não sera preciso cirurgia, mas… sempre tem um mas… eu tenho que ficar quietinho, em hipótese alguma por o pé no chão e voltar la dia 5 de julho e tirar uma nova radiografia, pra ver se a fratura ficou no lugar. Se não ficou… FACA!

Eu estou na torcida e fazendo de tudo pra não me mexer aqui pra que tudo corra bem.

A imagem ao lado ai mostra o que foi que eu quebrei, isso ai tudo… o que esta marcado ali pela linha vermelha,  se você não sabe onde fica a tíbia, olhe na imagem ali em cima.

E isso acontece logo agora, que eu estou com pedreiro na minha construção e com um certo prazo pra fazer a mudança…



  Melhor visualizado a
1024 x 768 True color
Proudly powered by WordPress. Theme developed with WordPress Theme Generator.
E altamente gambiarrado por mim mesmo :)
Copyright © 2010 by Crash Computer. All rights reserved.
Switch to mobile version